Guia completo: Manutenção de painéis elétricos industriais

Inscreva-se em nosso blog!
Fique por dentro de todas as novidades

Segundo a NBR 5410, a frequência de manutenção de painéis elétricos deve adaptar-se às particularidades da instalação, considerando sua multiplicidade e interferências externas do local.

Ou seja, há técnicas e conceitos que auxiliam na criação de um plano de manutenção eficiente para painéis elétricos.

Descubra quais são as principais práticas de manutenção para painéis elétricos que podem ser utilizadas.

Para saber as respostas dessas e outras perguntas, confira o texto a seguir!

Como funciona a manutenção de painéis elétricos?

A manutenção de painéis elétricos garante que todos os equipamentos elétricos e eletrônicos ligados à rede funcionem conforme os requisitos operacionais projetados.

Na manutenção, há a verificação da necessidade do redimensionamento do painel elétrico para otimizar o uso dos equipamentos, além de medição de carga dos circuitos, grandezas elétricas, assim como a auditoria de temperatura e revisão do bom funcionamento dos equipamentos de proteção.

Também são aplicadas as normas ABNT NBR IEC 60439-1, ABNT NBR IEC 61439-2 e ABNT NBR IEC 62271-200 como base de garantia para bom funcionamento dos painéis elétricos.

Em resumo, a manutenção é requerida para prevenir defeitos no sistema que ocorram devido às altas cargas elétricas operadas que, ao entrar em contato com determinados componentes dos painéis, podem ocasionar na perda de peças do painel ou de máquinas que dependam dele para funcionar.

Dentre as principais etapas da manutenção de painéis elétricos, podemos citar:

  • Reaperto;
  • Auditoria de conexões;
  • Limpeza;
  • Organização;
  • Verificação de temperatura;
  • Medições de cargas elétricas.

Tipos de manutenção de painéis elétricos

Há 3 categorias de manutenção que podemos utilizar nos painéis elétricos: preditiva, preventiva e correta. 

Confira todos os detalhes a seguir:

Manutenção preditiva de painéis elétricos

A manutenção preditiva é muito aplicada em fábricas, justamente pelo fato de monitorar a atividade de maquinários e, como resultado, compreender o seu comportamento ao longo do tempo.

Os técnicos que realizam a manutenção preditiva consegue prever, por softwares complexos, o momento de realizar a manutenção elétrica.

Esse tipo de manutenção têm grande relevância na indústria por aumentar a vida útil de máquinas e equipamentos, além de melhorar a eficiência elétrica dos setores antes de haver qualquer problema elétrico, principalmente, curto-circuitos.

Manutenção preventiva de painéis elétricos

A Manutenção preventiva (MP) desempenha o controle sobre o maquinário, reduzindo a chance de imprecisões ou quedas de performance.

Neste modelo, há a aplicação de intervalos sucessivos de manutenção, sejam por periodicidade específica (semanal, mensal, bimestral) ou pela quantidade de horas trabalhadas. Em outras palavras, obedecendo-se a um plano de manutenção preventiva em painéis elétricos.

Claro que também existe o modelo de manutenção preventiva aperiódica, ou seja, que não respeita prazos, mas, sim, dados de máquinas e/ou sistemas elétricas que já apresentaram defeito.

Nessa situação, o painel elétrico é analisado frequentemente para que, desta forma, os componentes presentes em sua estrutura não apresentem falhas recorrentes.

Manutenção corretiva de painéis elétricos

A manutenção elétrica corretiva é a mais conhecida e aplicada nas empresas, apesar de ser a menos eficiente. Geralmente está associada a manutenção de um sistema que apresenta falha ou já não está operacional.

A principal desvantagem de aplicação de manutenções corretivas é a paralisação de processos para atender essa demanda. 

O ideal é evitar este tipo de situação, pois, no pior dos casos, pode colocar em risco algum colaborador devido a um mau funcionamento de um componente elétrico. Por tanto, evite este tipo de situação! 

Painéis elétricos industriais, modelos, características e aplicações

Vantagens da manutenção em painéis elétricos

As principais vantagens da criação de um plano de manutenção em painéis elétricos são a garantia de segurança do sistema elétrico, proteção dos colaboradores que trabalham próximo a ele, além de evitar paralisações de linhas de montagem ou outros serviços atribuídos à aquele painel.

Para tal, a empresa deve, principalmente, acrescentar dispositivos de proteção ao painel elétrico, como, por exemplo, um DR (Dispositivo Diferencial Residual), sistema de aterramento, DTM (disjuntor eletromagnético), DPS (dispositivo de proteção contra surtos)…

Eles serão úteis para impedir fatalidades relacionadas a choques elétricos por contato direto ou indireto.

Além disso, a manutenção de painéis elétricos ajuda a evitar o subdimensionamento da rede, algo bastante comum em instalações elétricas de empresas com mais de 20 anos de confecção.

Ao analisar o quadro de luz e as fiações, os técnicos conseguem preparar corretamente o dimensionamento da rede elétrica através de ajustes finos.

Outra vantagem da manutenção de painéis é a prevenção do desgaste dos componentes de um sistema elétrico, além da proteção contra sobrecargas e improvisações.

Etapas da manutenção

Manutenção de painéis elétricos

Como dito anteriormente, deve-se fazer um planejamento de trabalho conforme a manutenção a ser realizada, seguindo sempre os protocolos próprios com base na norma NBR 5410.

Dito isso, subdividimos as manutenções por ordinária, no caso de manutenção elétrica preditiva e preventiva, e por extraordinária, no caso de manutenção elétrica corretiva.

Confira algumas características, a seguir:

Manutenção elétrica preditiva e preventiva

Para realizar manutenções elétricas preditivas e preventivas, os técnicos devem seguir os protocolos de:

  • Verificação da integridade do painel;
  • Verificação das conexões mecânicas do painel;
  • Verificação das temperaturas através da termografia;
  • Verificação da etiqueta de identificação e disponibilidade do diagrama elétrico;
  • Verificação da correspondência entre equipamentos e diagrama elétrico;
  • Verificação da eficiência dos instrumentos de medição;
  • Verificação do funcionamento mecânico do equipamento;
  • Verificação da ligação à instalação do terra e dos condutores de proteção;
  • Verificação dos torques de aperto dos elementos aparafusados;
  • Verificação da placa de terminais, fixação e conexões;
  • Averiguação da integridade de lâmpadas de sinalização, fusíveis e circuitos auxiliares;
  • Averiguação visual de deteriorações elétricas, térmicas e mecânicas, abrangendo provável oxidação do sistema;
  • Avaliação da calibragem dos equipamentos de proteção segundo as cargas constatadas;
  • Testes funcionais de dispositivos de proteção diferencial;
  • Testes funcionais de circuitos de segurança;
  • Limpeza geral do painel e respectivos equipamentos.

Manutenção elétrica preditiva e preventiva

Já para a manutenção elétrica corretiva, aplicamos os seguintes parâmetros:

  • Fixação do quadro elétrico por abertura do equipamento;
  • Teste de abertura do circuito por instrumentação;
  • Detecção da causa da falha e solução;
  • Limpeza das partes enegrecidas (se necessário);
  • Inspeção visual de barras, dispositivos, peças isolantes, entre outros;
  • Verificação da eficiência dos dispositivos;
  • Verificação dos torques de aperto das conexões;
  • Substituição de dispositivos, barras, cabos ou outras peças danificadas (se necessário);
  • Análise de rigidez dielétrica e resistência de isolamento;
  • Reinicialização da ligação, alimentação dos circuitos e verificação do correto funcionamento.

Reforçando: cada empresa tem autonomia para estruturar seu próprio plano de manutenção. Mas, caso prefira somente seguir a estrutura citada acima, já terá grande probabilidade de acerto. 

O que devo me atentar no momento de realizar a manutenção dos painéis elétricos?

Manutenções elétricas

Limpeza

A limpeza é uma etapa essencial na manutenção de painéis elétricos. 

A princípio, programe uma aspiração eventual da parte superior e inferior do painel elétrico e dos componentes no seu interior. Caso haja áreas de difícil acesso no painel, procure utilizar ar comprimido.

Vale destacar que roedores e pragas também podem prejudicar a instalação elétrica do painel, por exemplo, mastigando fios ou podendo causar curto-circuito nos equipamentos. 

Portanto, a limpeza de painéis elétricos também deve abranger o controle de vermes e pragas, incluindo a criação de armadilhas e o uso de veneno.

Fiação

A inspeção dos componentes da fiação nos painéis deve ser feita regularmente, cujo objetivo será identificar fiação desgastada e solta. Afinal, fiação defeituosa pode resultar em curtos-circuitos que afetariam o funcionamento de máquinas e outros equipamentos. 

Também substitua quaisquer fios desgastados o mais rápido possível, além de apertar conexões soltas no painel, principalmente em regiões de tráfego intenso de fios e equipamentos.

Resfriamento

Para controlar a temperatura do painel elétrico industrial deve haver investimento em um sistema de refrigeração para o painel. 

Isso porque um sistema de refrigeração maior do que o seu painel elétrico demanda causará problemas de condensação. Em contrapartida, ao reduzir o tamanho, os componentes do painel permanecerão expostos ao calor e poderão falhar. 

Para o sistema de refrigeração, os técnicos podem escolher entre uma opção de refrigeração por ar condicionado ou por sistema de ventilação. Aliás, este último é mais econômico e abrange ventiladores que fornecem ar frio continuamente para deslocar o ar quente que se acumula no painel.

Conclusão

Neste texto, vimos como funciona a manutenção de painéis elétricos, tipos e planos de manutenção.

Lembre-se de realizar inspeções frequentes no painel elétrico da empresa e evite manutenção corretiva.

Dessa forma, reduzirá os prejuízos financeiros do negócio, além de evitar curto-circuitos e/ou incêndios.

Inscreva-se em nosso blog!
Fique por dentro de todas as novidades

Mais artigos do blog Famatel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.