NR10 como se proteger contra riscos elétricos

Capa de artigo blog famatel setembro 2021 at

Inscreva-se em nosso blog!
Fique por dentro de todas as novidades

Sabemos que trabalhar com fontes elétricas é perigoso e para que o trabalho seja feito de forma segura é preciso seguir uma série de normas e regras. É com o intuito de proteger o trabalhador que a norma NR10 surgiu.

Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL de 2016 mostram que ocorreram 233 acidentes fatais por eletricidade naquele ano. Já em 2019, a Abracopel – Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade, informou que 56% do total de acidentes de origem elétrica foi provocados por choques elétricos.

Em 2019, foram registrados 909 acidentes, destes sendo 697 fatais. Para que esse número diminua e o profissional possa exercer sua função com segurança, elaboramos este texto com tudo que você precisa saber sobre a NR10. Então, acompanhe a leitura até o final e se mantenha seguro!

O que é a norma NR10?

A NR10 surgiu em 1978, quando o Ministério do Trabalho publicou a primeira versão dessa norma, que tem como objetivo garantir a segurança e saúde dos profissionais da área.

As medidas exigidas na norma se expandem para as mais diferentes áreas da indústria que têm contato com a eletricidade. Seja esse contato direto ou indireto, sendo aplicada nas construções, montagens, manutenções e operações.

Definida como Segurança em Instalações e Serviços de Eletricidade, o MTE exige a aplicação da NR10, e deve ser seguida na geração, transmissão, distribuição e consumo de energia elétrica.

É dever de todo empregador implantar a NR10 no local de trabalho, assim como também é obrigação da empresa distribuir gratuitamente EPIs (equipamento de proteção individual) para cada funcionário.

Medidas de proteção da NR10

Para que os serviços de eletricidade sejam feitos de maneira correta e garantam a segurança dos profissionais, a NR10 conta com medidas de proteção, coletivas e individuais, além da medida de controle que previne riscos elétricos, a partir de técnicas de análise de risco.

Para saber mais sobre as medidas de proteção, confira os próximos tópicos.

Algumas das medidas de proteção coletivas são:

  • Isolação de corrente viva;
  • Obstáculos que impeçam o acesso a determinadas áreas;
  • Sinalização adequada;
  • Sistemas de seccionamento e bloqueio;
  • Componentes elétricos resistentes e adequados ao ambiente da instalação.

Quando falamos em proteção coletiva, é importante entendermos a necessidade da utilização de componentes robustos e confiáveis. Pois, nestes ambientes, é muito comum encontrar os riscos mecânicos que podem comprometer a segurança da instalação elétrica.

Grau de proteção IP e Grau de resistência IK

Tomadas industriais

Tomadas industriais robustas garantem a segurança de profissionais e o bom funcionamento de máquinas presentes em ambientes de trabalho com alto nível de poeira e umidade. Conheça a linha SPEED PRO.

Tomada industrial IP67 segurança de instalação eletrica

Tomadas de bloqueio mecânico

A vantagem das tomadas de bloqueio mecânico está na possibilidade de permitir que somente profissionais autorizados manipulem o equipamento que está ligado a ela. Conheça a linha SPEED PRO com bloqueio mecânico.

Tomada industrial para segurança de instalação eletrica

Quadros de disjuntores

O local de abrigo dos disjuntores devem proteger os componentes instalados em seu interior, garantindo a segurança dos profissionais que trabalham naquele ambiente. Características como sua fabricação em material autoextinguível e resistência contra penetração de partículas são indispensáveis. Conheça a linha de quadros de embutir HOME.

Painel de disjuntores NR10

Robôs de obras e painéis de tomadas

No ambiente industrial ou na construção civil, improvisar uma extensão significa comprometer a segurança de todos os profissionais que trabalham naquele ambiente. Opte sempre por sistemas robustos desenvolvidos sobre medida para sua necessidade. Conheça a linha ACQUA COMBI.

Robos de obras para segurança de eletricistas e ambientes BLOG FAMATEL BRASIL

Quais são as responsabilidades da NR10?

A NR10 garante que é de “responsabilidade dos contratantes manter os trabalhadores informados sobre os riscos a que estão expostos, instruindo-os quanto aos procedimentos e medidas de controle contra os riscos elétricos a serem adotados “.

Ainda assim, há responsabilidades que são dos próprios funcionários, como podemos ver no item 10.13.4 da norma:

a) Zelar pela sua segurança e saúde e a de outras pessoas que possam ser afetadas por suas ações ou omissões no trabalho;

b) Responsabilizar-se junto com a empresa pelo cumprimento das disposições legais e regulamentares, inclusive quanto aos procedimentos internos de segurança e saúde.

c) Comunicar, de imediato, ao responsável pela execução do serviço as situações que considerar de risco para sua saúde e a de outras pessoas.

Sendo assim, os funcionários também podem decidir se querem interromper ou até mesmo recusar algum serviço que coloque em risco sua segurança, desde que comunique a decisão corretamente para os órgãos competentes.

EPIs da NR10 que garantem a segurança

  • Capacete;
  • Óculos de proteção;
  • Luvas;
  • Sapatos e roupas com isolamento elétrico.

Ainda de acordo com a NR10, a maioria dos acidentes elétricos no ambiente de trabalho podem ser evitados, desde que sejam usados os equipamentos de proteção adequados e que os profissionais estejam certificados com cursos próprios para a área de atuação.

Confira alguns dos principais EPIs que devem ser usados conforme descrito na NR10 nos tópicos abaixo.

Capacete

O capacete é usado para proteger a cabeça contra impactos, choques elétricos e respingos de produtos químicos. Deve proteger todo o topo da cabeça e conter aba frontal, ajudando assim a proteger olhos e face.

Óculos de proteção

Os óculos de proteção deve ficar justo à face, sem deixar abertura para que fumaças, poeiras, névoas, fagulhas, entre outros, consiga atingir os olhos.

oculos de protecao para eletricista

Luvas

Nesse caso, existem dois tipos de luvas. Luvas de tecido grossas usadas por baixo de luvas de borracha isolantes.

Para saber se as luvas de borracha garantem a proteção necessária, confira se a embalagem conta com as seguintes informações: nome do fabricante, tipo, classe, tamanho, número da norma, CA, número da série, lote e tamanho.

Luva de proteção para eletricista

Sapatos adequados

O calçado ideal é a bota isolada. Ou seja, um sapato totalmente fechado, sem espaço para que nenhum objeto machuque os pés. O calçado também não pode ter nenhum material metálico.

sapato de segurança para eletricista

Roupas adequadas

É fundamental o uso de mangas isolantes, fabricadas com um material propício para proteger braços e antebraços contra descargas ou arcos elétricos.

roupa para eletricista

Segurança no seu trabalho

Mais importante do que entregar o trabalho no prazo e dentro do orçamento proposto, é garantir que durante a realização, você esteja seguro.

A prioridade da FAMATEL é garantir a sua segurança próximo a uma instalação elétrica.

Portanto, lembre-se sempre de utilizar equipamentos de proteção individual (EPI) e componentes elétricos de qualidade para garantir a sua segurança.

Inscreva-se em nosso blog!
Fique por dentro de todas as novidades

Mais artigos do blog Famatel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.