Descubra 3 pontos que não podem faltar no desenvolvimento de um projeto elétrico.

Blog Famatel - Capa 3 pontos que não podem faltar no desenvolvimento desse documento

Inscreva-se em nosso blog!
Fique por dentro de todas as novidades

O projeto elétrico é essencial em toda obra e instalação elétrica, principalmente em ambientes industriais.

Mas, para ter o melhor desenvolvimento, algumas coisas não podem faltar! E é exatamente isso que você conferirá neste artigo.

Continue lendo para descobrir mais sobre esse documento, como fazer, sua importância e 3 coisas indispensáveis.

Boa leitura!

O que é um projeto elétrico industrial?

Um projeto elétrico industrial é um documento que contém todas as informações necessárias referentes ao sistema elétrico de um ambiente industrial para a obra ser realizada com segurança e eficiência.

Ele é elaborado por um engenheiro eletricista e é fundamental em qualquer obra, principalmente nas indústrias.

Esse documento serve para orientar a execução do trabalho, descrevendo as etapas da obra, os métodos empregados, os materiais, entre outros. 

Ele deve informar os locais da fiação e fontes elétricas, bem como as melhores localizações, por desenhos e representações gráficas.

Para fazer um projeto elétrico é preciso estar ciente da estrutura do ambiente, bem como se atentar às normas de segurança e o custo-benefício. 

Em nosso blog já explicamos o que é um projeto elétrico e qual a sua importância, então se você deseja saber já clique aqui.

Capa blog post famatel - O que é um projeto elétrico e qual a sua importância.

No caso de indústrias, o projeto elétrico deve ser personalizado, tendo em vista que cada ramo possui suas especificidades.

O projeto elétrico industrial deve levantar todas as características do local, como o tipo de imóvel e as atividades desenvolvidas.

Se você está pensando em como fazer um projeto elétrico industrial, confira quais são as 3 coisas indispensáveis para a execução desse documento.

3 coisas indispensáveis ao fazer um projeto elétrico industrial

Ter um profissional competente e especializado para desenvolvê-lo, obedecer às Normas Regulamentadoras vigentes no país e se planejar são as 3 coisas mais importantes em um projeto elétrico industrial.

A seguir, você pode ver mais detalhes sobre cada uma delas.

1 — Profissional competente para um projeto elétrico

O Engenheiro Eletricista é indispensável em todo o projeto elétrico industrial. Ele realizará as pesquisas e o planejamento do trabalho a ser executado. 

Esse profissional deve ser experiente na área industrial e ter o conhecimento necessário para atender a todas as normas de segurança e também as demandas dos clientes.

Além disso, precisa estar habilitado pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) para poder atuar. 

Caso atenda a esses requisitos, estará apto para desenvolver o projeto elétrico.

Para isso, deverá analisar a proposta, elencar os materiais a serem utilizados, o prazo para a execução da obra, bem como instalar, configurar e fiscalizar os equipamentos. 

O projeto elétrico industrial deve atender às normas regulamentadoras, observando a segurança e procurando eliminar os riscos.

O profissional precisa ter conhecimento técnico e propor as melhores soluções. Além disso, avaliar a confiabilidade e o desempenho dos sistemas elétricos.

A não contratação de um profissional de engenharia elétrica, visando economizar, pode acarretar falhas, alto custo para a manutenção e causar prejuízos financeiros inestimáveis, além de colocar em risco a vida dos envolvidos.

Engenheiro eletricista - Famatel Blog

2 — Obedecer às normas regulamentadoras para projeto elétrico

Se tem algo que não pode faltar no desenvolvimento de um projeto elétrico industrial, essa coisa é o cumprimento das normas regulamentadoras (NR’s) e NBR’s.

As NR’s são estabelecidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego e dizem respeito à segurança e à saúde dos trabalhadores.

Já as NBR’s são normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) sendo elaboradas por meio de estudos e pesquisas. 

Tantos as NR’s e as NBR’s são essenciais para o bom andamento da execução do projeto industrial elétrico. 

Elas asseguram a saúde e o bem-estar dos envolvidos no trabalho, garantindo maquinário, ferramentas e equipamentos eficientes e sem oferecer riscos.

As normas regulamentadoras devem ser obedecidas, pois o projeto elétrico industrial deve prezar não só pelos materiais e as instalações, mas também pela vida humana. 

Vejamos abaixo as principais normas regulamentadoras:

  • NR 10 — Segurança em instalações e serviços em eletricidade

Essa norma envolve todas as atividades industriais em que há contato direto ou indireto com energia elétrica. Ela elenca medidas de controle e proteção.

As medidas de controle da NR 10 dizem respeito à elaboração de desenhos técnicos de todo o sistema elétrico da organização.

Quanto às medidas de proteção, dizem respeito a desenergização elétrica e isolamentos, barreiras, sinalização e bloqueio do religamento automático. 

  • NR 12 — Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos.

Ela diz respeito à garantia da integridade física dos colaboradores. O foco da NR 12 é a regularização dos maquinários e equipamentos para evitar problemas à saúde dos trabalhadores.

Para a execução de um projeto elétrico industrial é importante ter treinamentos e/ou orientação quanto ao uso dos equipamentos, visando a prevenção de acidentes.

  • NBR 5410 — Funcionamento seguro de uma instalação elétrica de baixa tensão

Essa norma é voltada para instalações elétricas de no máximo 1000 volts em tensão alternada e 1500 em tensão contínua.

Ela aplica-se a residências, serviços e indústrias.

Na NBR 5410 são abordados tópicos como: 

  • Quadros de iluminação;
  • Distribuição e tomadas;
  • Proteção contra sobretensão;
  • Dimensionamento de eletrocalhas;
  • Condutores e eletroprodutos;
  • Influências externas nas instalações elétricas;
  • Circuitos motores;
  • Proteção contra choques e uso de isolamentos.

A NBR 5410 objetiva guiar o profissional para a boa execução do projeto elétrico industrial.

O não cumprimento da norma pode causar problemas graves.

Engenheiros eletricistas seguindo normas elétricas - Blog Famatel

3 — Planejamento

Para garantir o êxito do empreendimento, o projeto elétrico industrial deve ser planejado eficazmente, observando todas as normas de segurança.

O planejamento evita gastos desnecessários e traz economia de tempo para a execução da obra.

Fazer pesquisas antecipadamente e analisar a quantidade e qualidade de materiais e as etapas do projeto, acarreta mais segurança e eficiência no decorrer do trabalho.

Além de também evitar acidentes.

No planejamento deve conter todos os materiais a serem utilizados. E para isso, o conhecimento técnico é imprescindível. 

A simbologia e os diagramas nos projetos elétricos são informações que devem ser dominadas pelos profissionais que executarão a obra.

O projeto elétrico industrial deve considerar o prazo para a entrega do trabalho, a estrutura física do empreendimento, a localização dos pontos de energia elétrica, as atividades desenvolvidas e os materiais utilizados.

Cada indústria tem um projeto elétrico industrial específico. Independente disso, devem ser elaborados por profissionais capacitados e obedecer às normas regulamentadoras.

Projeto eletricista -

Conclusão

Agora que você já sabe o que não deve fazer no seu projeto elétrico industrial, não se esqueça de procurar um bom profissional e de confiança.

Ou então uma empresa séria e reconhecida no mercado, fazendo pesquisas previamente.

Outra dica é pedir indicações de colegas da mesma área, que já contrataram um serviço deste tipo.

E após feito esse documento, busque por uma empresa comprometida, certificada e forneça materiais elétricos de qualidade para a instalação, como a Famatel.

O que achou deste conteúdo? Deixe seu comentário aqui, nós adoraríamos saber!

Inscreva-se em nosso blog!
Fique por dentro de todas as novidades

Mais artigos do blog Famatel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.