Eletricista industrial: saiba o que faz e como conseguir a certificação

capa post Eletricista industrial: saiba o que faz e como conseguir a certificação

Inscreva-se em nosso blog!
Fique por dentro de todas as novidades

Você sabe como trabalha um eletricista industrial ou como conseguir a certificação? Essa é uma profissão extremamente necessária para a indústria.

Grandes empresas reconhecem a extrema necessidade da presença destes profissionais em seu ambiente, garantindo que suas máquinas e instalações estejam operando sempre em alta performance.

Entretanto, para se tornar um eletricista é necessário obter certificação e/ou ter cursos na área elétrica.

Neste artigo, mostraremos quais são as funções do eletricista industrial, como se tornar um e onde conseguir a certificação.

Você também poderá entender como o mercado de trabalho funciona para esta categoria de eletricista.

Para saber isso e muito mais, continue nesta página conosco. Continue a leitura!  

O que faz um eletricista industrial?

O eletricista industrial é o profissional responsável pela manutenção da rede elétrica 

preventiva e corretiva das instalações elétricas.

Nesse sentido, sua ação ocorre em máquinas, equipamentos, instalações industriais e motores diversos.

Além disso, o profissional também faz a análise das necessidades de maquinários, realizando a troca e regulagem dos componentes e efetuando testes de funcionamento.

Parte da responsabilidade de um eletricista industrial é fazer a interpretação de desenhos elétricos, que tem como finalidade a montagem de painéis de tensão e cabeamentos bem estruturados, analisar os riscos ambientais que aquela instalação e maquinário está exposto.

Vale destacar que a divisão de atuação para o profissional da área elétrica ocorre devido à amplitude de possibilidades para sua atuação.

Dessa forma, existem 3 eletricistas: os residenciais, prediais e industriais.

O eletricista, de qualquer uma das áreas citadas, precisa de certificações específicas para sua atuação.

No entanto, o eletricista industrial pode também atuar em outra área, como a residencial, visto que seus conhecimentos abrangem esse ramo também.

O eletricista industrial é, portanto, o profissional que detém conhecimentos técnicos e práticos para a montagem e para a manutenção de instalações elétricas e maquinário industrial.

Esse profissional pode atuar em diversos segmentos, como construtoras, assistências técnicas de maquinário industrial ou até mesmo na prestação de serviço como autônomo.

Leia também: 5 Formas de Segurança para Eletricistas – Blog Famatel Brasil

Como está o mercado de trabalho de eletricistas profissionais

O mercado de trabalho para o eletricista industrial está em crescente expansão, pois sua atuação é essencial para que as produções industriais funcionem efetivamente.

Além disso, esse profissional garante o pleno acesso à energia elétrica para toda a companhia.

Porém, não podemos ignorar a possibilidade de realização de trabalho autônomo com a chance de prestar serviços para diferentes cliente. Sendo assim, empreender como eletricista industrial pode ser uma excelente opção também.

Tudo depende do que você está buscando profissionalmente!

Como conseguir a certificação?

Para poder atuar como eletricista industrial, esse futuro profissional precisa de uma certificação específica, além de cursos na área.

A certificação pode ocorrer de diferentes maneiras: por cursos ou pela Certificação por Competência.

De maneira geral, duas certificações são básicas para atuar na área: a NR10 e a de eletricista.

A NR-10 é uma norma regulamentadora que mostra as principais regras do setor elétrico e precisa ser apresentada para serviços de instalações elétricas, em geral.

Nós ja falamos sobre a NR10 em nosso Blog, leia o artigo completo aqui.

A outra exigência é a de eletricista, que pode ser conquistada pelas duas maneiras acima citadas.

Em primeiro lugar, a Certificação por Competência é prevista na legislação brasileira, no artigo 41 da Lei nº 9.394/96, também conhecida como Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).

De acordo com ela, a experiência adquirida em trabalho pode ser passível de certificação profissional através do IBQP (Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional).

Para isso, o candidato precisa ter alguns pré-requisitos descritos abaixo:

  • Maior de 18 anos;
  • Ter mais de 2 anos de carteira assinada ou experiência comprovada na função.

Além disso, o candidato precisa efetuar o pagamento da certificação e realizar um teste teórico de conhecimentos para ser avaliado na área.

Com a aprovação nesse teste, o candidato adquire o certificado e pode atuar na área como profissional capacitado.

A segunda possibilidade de certificação é por cursos técnicos e profissionalizantes, que podem ser realizados em instituições de cursos livres ou inscritas no MEC.

Desse modo, o candidato cumpre os requisitos acadêmicos da instituição para conquistar seu diploma ou certificado.

Nesse último caso, o profissional pode ser técnico ou com formação superior em elétrica, sendo esse segundo um ramo da engenharia e que, não necessariamente, o fará trabalhar como eletricista industrial. 

Alguns exemplos de opções de cursos técnicos ou superiores para se tornar eletricista industrial são:

  • Engenharia elétrica;
  • Técnico em Eletrônica;
  • Técnico em Eletromecânica.

Conclusão

Como você viu até aqui, um eletricista industrial tem grande importância em indústrias e outras empresas, não apenas no setor elétrico.

Afinal, quase todas as empresas necessitam de energia elétrica para desempenhar suas funções.

Se você quer se tornar um eletricista industrial, seja CLT ou autônomo, siga as orientações que mostramos aqui quanto a certificação e cursos.

Quer conferir mais conteúdos sobre o setor elétrico? Confira os outros artigos do nosso blog.

Desejamos sucesso na sua carreira, até mais 🙂

Inscreva-se em nosso blog!
Fique por dentro de todas as novidades

Mais artigos do blog Famatel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.